Template de proposta para projeto de design (Divulgação/Reprodução)
Não é porque você trabalha como freelance que está livre das questões burocráticas do seu negócio. Muito pelo contrário, você precisa ter controle de tudo. Isso inclui a necessidade de proteger seu trabalho e garantir, ou pelo menos tentar, que você e seu cliente recebam o que esperam um do outro. E é aí que entram a proposta e o contrato de trabalho.

Pensando nisso, decidi disponibilizar para download este template de PROPOSTA PARA PROJETO DE DESIGN, que é também um contrato de trabalho. Está longe de ser o modelo ideal e também não sei dizer se envolve todas as questões legais que um contrato deve ter. Eu a desenvolvi com base nas minhas próprias experiências e em outras propostas que tive acesso durante minha trajetória profissional. Por enquanto vem funcionando pra mim.

Você fará o download nos formatos *idml (Indesign Markup Language), *indd (Indesign CS6) e *pdf.

DOWNLOAD DA PROPOSTA

Como usar este arquivo

  • Propriedade

Fique à vontade para editar, inserir sua identidade e reproduzir o conteúdo. A maioria das informações foi criada apenas para marcação. Peço apenas que não utilize meu símbolo.

  • Fontes usadas

Utilizo as fontes Open Sans e Raleway. Você pode fazer o download gratuito no Google Web Fonts.

Download Fonte Open Sans
Download Fonte Raleway

  • Páginas mestras

Você terá disponíveis dois modelos de páginas, uma para a capa e outra para o texto (conteúdo).

Template de proposta para projeto de design mestras (Divulgação/Reprodução)
Botões com links para as páginas de títulos

Para ajudar o cliente a ir direto ao ponto que o interessa, criei botões com acesso rápido para as páginas de títulos. Você pode editar estes caminhos utilizando a janela Buttons and Forms. Para isso, vá em Window/Interactive/Buttons and Forms.

Template de proposta para projeto de design acesso rápido (Divulgação/Reprodução) 
Caso queira criar um novo caminho, selecione uma caixa de texto na página que você quer como destino. Feito isso, vá em Window/Interactive/Bookmarks e clique no botão Create new bookmark. Isso irá marcar a caixa de texto selecionada como destino do botão. Dê um nome ao seu bookmark. De preferência dê o mesmo nome para o botão.
Template de proposta para projeto de design novo bookmark (Divulgação/Reprodução)
Exporte o arquivo como PDF interativo

Para o cliente fazer uso dos links criados você deve exportar o arquivo como Adobe PDF (Interactive). Utilize o atalho (Ctrl+E) para agilizar. Utilize os valores padrões de exportação.

Template de proposta para projeto de design 640 PDF interactive (Divulgação/Reprodução)
Fique ligado nessas dicas

  • O cliente provavelmente vai imprimir sua proposta

Já vi algumas propostas coloridas e muito bonitas. É bacana ver pelo monitor, mas é bem provável que seu cliente gaste um litro de tinta para imprimir sua proposta antes de avaliá-la. Procure usar fundo branco e texto preto. Se quiser viajar um pouco, brinque com a tipografia. Além de ajudar a manter clareza na proposta, você contribui com a natureza. :D

Também seria legal você criar suas propostas em tamanho A4 (horizontal ou vertical). É o tamanho padrão da maioria das impressoras caseiras e provavelmente seu cliente tem uma dessas.

  • A proposta é sua, portanto, use sua identidade

Alguns designers montam propostas com a “cara” da empresa do cliente. Ele já conhece a própria identidade, mas pode não conhecer a sua. Não perca a oportunidade de mostrar sua identidade pra ele.

  • Enumere suas propostas

É importante que sua proposta possua um número. Isso ajuda no seu controle e no controle do cliente.

  • Estipule um prazo de validade

Assim você evita que uma proposta não aprovada hoje seja aprovada daqui a 15 anos. Sei lá, né. Vai que seu cliente pensa que você ainda cobra o mesmo valor.

  • Detalhe o projeto de acordo com o briefing enviado pelo cliente

Inserindo os dados do briefing na proposta você evita confusões do tipo – “mas eu tenho quase certeza que te pedi isso”. Peça para o cliente aprovar formalmente todo conteúdo da sua proposta, inclusive o briefing.

  • Defina um prazo para a entrega do projeto

Seu cliente precisa saber quando você vai entregar o projeto. É talvez um dos fatores determinantes para ele aprovar ou não sua proposta. Isso não significa que você deva estipular um prazo curto para ganhar o cliente. Seja verdadeiro e diga quanto tempo precisa para realizar o que ele pediu.

  • Defina uma data de início do projeto

Tão importante quanto o prazo é a disponibilidade que você tem para dar início ao projeto. Alguns consideram como início o momento da assinatura do contrato, mas nem sempre é assim que funciona. Você acaba começando o trabalho 5 dias depois, e aí já era, você está com 5 dias a menos. Diga quando você pode começar e seu prazo conta a partir daí.

  • Defina um método de pagamento considerando a viabilidade do cliente

Essa questão depende muito dos modelos do seu negócio e do seu cliente. Talvez você prefira receber em duas vezes, talvez seja tranquilo receber em três. De qualquer forma é interessante trocar uma ideia com o cliente antes de “impor” uma opção que ele não possa arcar. Essa também pode ser uma questão determinante para a aceitação da sua proposta. Entenda as limitações do cliente e facilite dentro do possível.

  • Defina as condições que você precisa para trabalhar

Aqui entram as questões “legais” da sua proposta. Reescreva esta parte de acordo com suas próprias experiências e utilize as informações que forem úteis a você. Provavelmente o cliente não vai ler esta parte, mas você deve garantir que suas condições estejam lá caso aconteça algum imprevisto.

  • Deixe claro para o cliente o que ele receberá de você

Não basta estipular os valores. Tente antecipar alguns imprevistos e deixe claro o que o cliente receberá de você. Ele vai receber um arquivo em PDF, Illustrator, PSD? Deixe isso claro em cada proposta que enviar.

  • Explique o que o cliente precisa fazer para você iniciar o projeto

Pagar, claro. Mas como? Cada um tem seu método, não se esqueça de explicar o seu.

Curte grides e guidelines?

Abra o arquivo e, na capa, habilite a layer “guias” para ver como defini as posições dos elementos. Não utilizei grides quadrados, apenas proporções da própria página. Você também vai notar que todas as páginas possuem um “baseline grid”, ou linha de base para o texto.

Template de proposta para projeto de design guias (Divulgação/Reprodução)
Seu feedback é bem-vindo

Compartilhe o que achou nos comentários. Como falei, este modelo está longe de ser o ideal. Fique à vontade para criticar e sugerir melhorias.

Espero que tenha gostado. Um abraço e até o próximo post.

🐥 Siga no Twitter